Paulo Romai

RomaOlá, galera! Meu nome é Paulo Romai, também conhecido como Roma – sim, o personagem central das tirinhas.

Sou botafoguense, engenheiro de formação, consultor em desenvolvimento territorial e agora também blogueiro metido a cartunista por paixão a este clube.

Moro no Rio de Janeiro, mas nasci em Petrópolis, no ano em que Garrincha deixou de jogar pelo Botafogo – razão pela qual também me considero mais um João driblado pelo Mané.

Sou da geração dos 21 anos sem título, o que me fez desenvolver traços de resiliência aguda para suportar qualquer coisa. Em outras palavras: as emoções envolvidas em torcer, vencer ou sofrer não são lá tão distantes assim entre si.

Nunca fiz tirinhas na vida, mas resolvi arriscar a partir de agora e dar algum destino aos parcos e esquecidos rabiscos alvinegros de infância. Minha analista deve saber das explicações, mas tem por hábito guardar segredos a sete chaves – este número místico que acompanha as coisas do Botafogo.

Como é um blog de tirinhas, farei o tipo cartunista por aqui. Mas desde já fica valendo a frase de que, como cartunista, sou um bom torcedor. E como bom torcedor, costumo dizer que sou um ótimo botafoguense.

Seja lá a adjetivação que eu merecer, o importante é tentar contribuir de alguma forma para irradiar o brilho da estrela solitária.