A Turma do Roma

Saiba um pouco dos principais personagens que fazem parte da Turma do Roma e que você poderá conhecer melhor nas tirinhas.

Close RomaRoma:

Roma é o personagem central em torno do qual a turma se reúne e tudo acontece, seja em sua casa, no estádio ou a caminho dele.

É uma pessoa calma, equilibrada, racional… e supersticiosa (!!), adjetivo este que ele refuta por acreditar que concordar com isso pode dar azar.

Roma procura ver sempre algo de positivo, mesmo quando tudo parece dar errado. O problema é que a recíproca é verdadeira. De qualquer forma, acredita que há sempre alguma coisa que pode influenciar num jogo do Botafogo… e que se o time perdeu foi porque ele não soube encontrar uma solução.

Close CricoCrico:

É o torcedor à flor da pele. Esquentadinho, perde a paciência fácil. Depois se arrepende. Nunca é meio termo: ora revoltado, irritado e intolerante, sabe também ser doce e gentil. É amigo e vizinho do Roma, mas não se parece em nada com ele. Solta fogos, grita pela janela e torce contra os outros, sem o menor pudor.

Close EstelitaEstelita:

É irmãzinha do Crico e que está aprendendo a se tornar botafoguense. Não entende bem o que é isso, mas nunca desiste, apesar dos sofrimentos do seu irmão e de seus amigos. Além de adorar jogar futebol e de acompanhar os jogos do seu time, Estelita costuma se expressar desenhando e fazendo objetos relacionados ao Botafogo… mas sempre do jeito dela: com um amor pleno e pueril.

Close FumaçaFumaça:

É o cãozinho vira-latas do Roma, com quem acompanha os jogos do Botafogo pela TV. Fica triste quando está sozinho em casa na hora de um jogo, embora o seu dono ligue para ele para dar alguma notícia ou pra ordenar alguma coisa para dar sorte.

Sonha em um dia poder ir a um estádio e não entende o porquê de haver atualmente vários tipos de facilidades a humanos (obesos, deficientes, idosos, crianças, índios, beneficiados do Bolsa Família etc), mas não ter um para cachorros – especialmente pelo fato de que Biriba, seu ídolo, podia entrar em campo à vontade.

Na busca de apoiar o seu dono, frequentemente é “vítima” das ideias do Roma. Fumaça é mais realista e crítico e, embora não acredite totalmente nas mandingas do dono, sempre pactua com elas, como bom e fiel amigo que é.

Close MurfeMurfe:

O mais otimista dos torcedores alvinegros, para não dizer o contrário. Segue o lema de que “se algo pode dar errado, dará”, razão pela qual deve ter algum parentesco com Murphy, de cujas leis costuma por à prova, sempre aplicadas a alguma situação envolvendo o Botafogo.

 

Nina Torcedora BotafogoNina:

Uma garota otimista, alegre, estusiasta e que enfrenta qualquer problema sem desanimar. Além de gostar de futebol, ela adora praticar o remo e está sempre envolvida com as provas de regatas do Botafogo. Seja em que esporte for e onde o Botafogo estiver, Nina está sempre disposta a reunir a turma para ir aos jogos e competições, bolar novas formas de incentivo, confeccionar bandeiras e faixas de apoio.

 

Close PoetaPoeta:

É o artista da turma: músico e poeta. Vive em outra sintonia e vê o Botafogo de uma forma sublime. Faz comentários e previsões em tons poéticos, com uso de metáforas e frases famosas (ou inventadas) no meio dos jogos. Seria um profeta… se não fosse o fato de ninguém o entender direito, especialmente no calor do jogo. De qualquer forma, faz o estilo zen e nunca se aborrece. Coração saudável tem o Poeta.

Close Seu PitacoSeu Pitaco:

Torcedor das antigas, boa praça, sempre lendo um jornal, com sua inseparável almofada, rádio de pilha e outros itens e costumes de outrora. Ele não se amofina muito com o (atual) Botafogo porque já viu os grandes times da década de 60, mas não deixa de acompanhar e de torcer, a seu modo: discreto e comedido. Conhece a história do clube, das partidas e de tantos craques que lá jogaram. Inspiração aos jovens da turma, também gosta de bancar o entendido das táticas e dar pitacos em tudo, razão do seu apelido.

Tális Torcedora BotafogoTális:

Tális não entende nada de futebol e não torce para clube algum. Costuma dizer que todos os jogos deveriam terminar empatados, para ninguém sofrer. É querida por todos e faz parte da turma especialmente por uma razão: Tális dá sorte (!!) quando aparece, vai ao estádio, está por perto ou manda vibrações. É um amuleto, uma verdadeira talismã. Convidá-la a participar de alguma coisa é a grande meta!